Vitiligo: o que é e como tratar

Vitiligo: o que é e como tratar

Vitiligo tem tratamento?

O vitiligo, nosso tema de hoje, afeta quase 1% da população mundial. Em 30% desses pacientes está ligado a uma condição genética e também pode estar ligado a traumas psicológicos ou não.

A causa do vitiligo ainda é desconhecida. O que se sabe é que existe uma produção de anticorpos contra a célula de melanina. Esses anticorpos destroem a célula de melanina, causando as manchas brancas no organismo.

Onde aparecem as manchas?

Normalmente as manchas brancas aparecem dos dois lados do corpo igual. Ou seja, se você tem uma mancha branca no braço, essa mancha também aparecerá do outro lado do braço. E se ela aparece na coxa, você vai ter também do outro lado da coxa.

É comum na face, no tronco, nos membros superiores e inferiores.

As manchas do vitiligo não causam nenhum problema de ordem médica, elas são um problema 100% de ordem estética. Essas manchas são uma despigmentação da pele.

Temos várias atrizes muito conhecidas, várias famosas com vitiligo, que até posam com essas manchas e aquilo vira um adereço para pele. Se você tem vitiligo e convive bem com essas manchas, não sem problema nenhum.

Vitiligo é uma doença, mas que não causa problema interno nenhum.

Agora, alguns casos de vitiligo podem ter coexistência com outras doenças autoimunes. Ou seja, quem tem vitiligo precisa saber se tem outros problemas que dão autoimunidade junto.

Problema de tireoide, anemia, diabetes e outros problemas que causam também anticorpos para o organismo que levam a outras doenças.  

O tratamento consiste em vários tratamentos combinados. Uma dica muito importante é: quanto antes ocorrer esse tratamento, melhor será o resultado final, porque você vai ter uma área de despigmentação menor.

Então ao primeiro sinal de despigmentação da pele, procure o dermatologista para iniciar o tratamento o mais precocemente possível.

Tratamentos

O tratamento engloba uma série de medidas que vão melhorar a localidade onde se encontra a lesão. Além do uso do protetor solar que é fundamental, porque há uma diminuição ou até a ausência de melanina nas áreas das lesões. Deve-se usar imunomoduladores locais.

Nós usamos também um aparelho de fototerapia a base de UVB narrow band, que melhora o local onde está a célula de vitiligo e proporciona que esse melanócito volte a se regenerar.  Isso é muito importante, essas sessões de fototerapia têm promovido o aumento desse número de melanina.

Existem diferentes aparelhos usados como fototerapia. Tem fibra ótica, que são tratamentos localizadas, e também os aparelhos que são usados como cabine para o corpo todo. Esses aparelhos de fibra ótica são muito interessantes, porque eles atingem só a lesão onde está o vitiligo.

E junto com o tratamento nós avaliamos as lesões brancas do paciente com a lâmpada de wood. Essa lâmpada absorve bem a cor branca, então com ela nós conseguimos identificar e visualizar as lesões de vitiligo e diferenciar as lesões de vitiligo de outras lesões brancas.

Nem sempre uma lesão branca na pele é uma lesão de vitiligo, essas lesões brancas podem ser outras coisas. Então é importante procurar o dermatologista se você tem uma marca branca na pele, porque pode ser vitiligo, mas também pode ser micose e outras patologias de pele.

Se você tem alguma mancha branca, por favor, pode consultar a nossa equipe de dermatologistas que nós teremos o maior prazer em poder ajudar nesse diagnóstico.

As manchas do vitiligo são diferentes de outras manchas na pele.

Blog

despigmentação da pelefalta de melaninamanchasmanchas brancas na pelemelaninatratamento para vitiligovitiligo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *