Queda de cabelo masculina

Como tratar a queda de cabelo?

Queda de cabelo masculina: como tratar?

 

Vamos falar de queda de cabelo masculina. Sabe aquela frase antiga “é dos carecas que elas gostam mais”? Será que é verdade?

Existem inúmeras tentativas de tratamento para a queda de cabelo.

 

Causas genéticas

Esse é um problema genético, mundial, cada vez vemos mais carecas, mais pessoas com perda de cabelo.

Os homens que percebem que o cabelo está caindo, vê que tem um avô, o pai, o bisavô, seja por parte de mãe ou de pai, que tem perda capilar, procure ajuda do dermatologista para fazer um tratamento preventivo.

A maior parte das causas são genéticas.

 

Como a queda se desenvolve?

Uma vez que se instala a queda de cabelo, ela é progressiva.

O fio vai afinando, pela ação do hormônio dehidroepiandrostenediona, que é normalmente presente no homem.

O calibre do fio, que normalmente é grosso, espesso, vai ficando mais fino e o homem vai sentindo que tem entradas.

Isso é normal.

É normal o menino que sai da puberdade para a idade adulta ter essas entradas, mas existe uma escala de queda de cabelo que demonstra quando isso deixa de ser normal.

As mulheres também sofrem com a queda de cabelo. Clique aqui e saiba mais sobre esse assunto. 

 

Quando a queda é realmente um problema?

Quando a queda de cabelo sai do grau 1 e parte para grau 2 ou 3 e fica um pouco mais acentuada, é necessário tratamento. Os tratamentos ainda conseguem fazer essa reversão do fio que é fino voltar a ser grosso.

Isso somente é possível quando a queda está no máximo em grau 4.

Se você já está numa escala grau 5 ou 6, onde já teve uma perda de cabelo acentuada, você já consegue ver o brilho do couro cabeludo, já não mais pelo que possa voltar a nascer. Nesses casos o tratamento dermatológico não é mais eficiente.

 

Procure o dermatologista e cuidado com o que vê por aí

Se você vê que começou a queda de cabelo, procure o dermatologista e tratamentos que vão melhorar essa queda.

Cuidado com as dicas de amigos, de blogs, as receitas caseiras, as vitaminas ou até o que o cabeleireiro falou que funciona.

Procure o profissional médico para fazer um exame de fios, para ver qual é a sua real necessidade.

Além da alopecia de causas genéticas, existem causas nutricionais, endócrinas, de couro cabeludo, de aumento da oleosidade, que também causam a queda de cabelo.

 

Quais os tratamentos?

Existem algumas soluções que podem ajudar você que acha que está com queda de cabelo.

A tricoscopia é um exame detalhado do couro cabeludo e do seu fio, para ver o diâmetro desse fio, se está afinado ou normal.

Com esse exame conseguimos fazer a melhor nutrição do seu fio, que pode ser através de laser, mesoterapia capilar, vitaminas, como biotina e d-pantenol, que colocamos diretamente no fio do couro cabeludo.

E os remédios que, às vezes, você tem que tomar por muito tempo, como a finasterida, conhecida pelos efeitos colaterais. Hoje ela pode ser injetada diretamente no couro cabeludo, retardando essa queda.

Pessoas que têm contraindicações ou efeitos colaterais com o uso da finasterida podem utilizar a forma injetável para tratar a alopecia androgenética no homem.

Outro tratamento também é com o uso de loções à base de minoxidil, uma substância vasodilatadora que melhora o calibre do vaso do couro cabeludo, aumentando a quantidade de nutrientes no couro cabeludo.

Quando você usa minoxidil, tem que usar todos os dias. Então temos tratamentos dermatológicos nos quais o minoxidil é injetado diretamente no bulbo e também faz um efeito a longo prazo dessa melhora da circulação no couro cabeludo.

Se você e vê dentro desse contexto de queda de cabelo, procure um dos médicos aqui na SkinLaser. Nós temos especialistas para atuar na melhora desse problema.

Blog

alopeciaalopecia androgeneticacabelo caindocarecaperda de cabeloqueda capilarqueda de cabeloqueda de cabelo em homens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *