Skinlaser

Principais doenças de pele no verão: Como evitar e tratar

Na estação mais quente do ano, os cuidados com a pele devem ser redobrados, já que umidade e sol em excesso podem influenciar diretamente no surgimento de doenças de pele, como micose, frieiras e bicho geográfico. Abaixo, nós vamos te apresentar quais são as 5 principais doenças de pele no verão e o que fazer para evitá-las e aproveitar a estação com tranquilidade e segurança!

Causas das doenças de pele no verão

         Estima-se que existe um aumento de até 50% no número de consultas em clínicas dermatológicas no Brasil durante o verão. Isso acontece porque devido a umidade do corpo, exposição excessiva ao sol, contato com a areia, mais transpiração e maior frequência em ambientes com grande circulação de pessoas, como praias e piscinas, o surgimento de doenças de pele, como micoses e bicho geográfico, por exemplo, aumenta.

5 principais doenças de pele no verão

         Existe uma série de doenças que são mais propicias de acontecerem no verão devido aos motivos citados anteriormente, como mais transpiração e contato com locais de grande circulação de pessoas, como piscinas de clubes e praias. Confira abaixo quais são as 5 doenças de pele mais comuns de surgirem no verão!

Bicho geográfico

Trata-se de uma dermatite linear serpiginosa tropical, que é causada por parasitas encontrados em fezes de gatos e cachorros doentes. A larva das fezes penetra na pele humana, causando coceira e lesões parecidas com mapas, por isso a doença recebe o nome de bicho geográfico.

O tratamento é tópico, realizado com cremes crioterapia ou por via oral, conforme indicação médica.

Micoses superficiais

As micoses superficiais são infecções fúngicas que podem ocorrer na pele, cabelo e unhas, apresentando vermelhidão, descamação ou coceira. É comum que elas apareçam em áreas de dobras, que são mais quentes e costumam acumular suor. Entre as micoses mais comuns está o pano branco, a tinha pedis, que são as frieiras, e a tinea cruris, que ocorre na região da virilha.

Acne Solar

Trata-se do aparecimento de cistos e pústulas em áreas que foram expostas ao sol, sendo mais comum acontecer em peles oleosas e também devido ao uso inadequado de filtro solar ou óleos bronzeadores. O tratamento é realizado por meio da higienização da pele e uso adequado de filtro solar, já em casos mais graves pode ser necessário antibióticos de via oral.

Foliculite

A foliculite é uma infecção bacteriana do folículo piloso e é parecida com espinhas nas áreas de pelo, como axilas, virilhas e barba. O tratamento pode ser tópico e também é recomendado mudanças de hábitos, como não usar roupas muito justas e hidratar a pele com mais frequência.

Impetigo

Impetigo é uma infecção causada por bactérias staphylococcus e streptococcus, costuma atingir mais crianças e aparece na região perorbicular da boca e nariz, ou seja, o espaço entre a boca e o nariz. O tratamento é realizado com limpeza local e uso de antobióticos tópicos, conforme orientação do dermatologista.

Como evitar doenças de pele no verão

         Com alguns cuidados simples, é possível evitar doenças de pele no verão, sabia? Confira abaixo quais são eles!

Em primeiro lugar, procure evitar praias consideradas improprias para banho, piscinas de clubes que não são adequadamente tratadas e as praias e piscinas que autorizem cães e gatos, já que a probabilidade de doenças de pele é maior. Além disso, também é importante não permanecer suado ou com roupas molhadas por muito tempo, evitando assim a proliferação de bactérias e o surgimento de fungos que podem provocar doenças como micose.

Para se evitar doenças de pele no verão, também é importante usar protetor solar de forma correta, ou seja, aplicá-lo de 20 a 30 minutos antes da exposição solar e renovar a cada três horas, lembrando que o filtro solar deve ter 30 FPS no mínimo. Uma pele hidratada e limpa também é uma maneira eficaz de evitar doenças de pele no verão e, por isso, sempre que for a praia ou piscina, não deixe de tomar um banho, higienizar a pele e sempre passar um hidratante após o banho, principalmente em áreas mais propicias ao ressecamento, como cotovelos e joelhos.

Para terminar, evite pegar sol antes de se depilar, use sandálias e chinelos que mantenham seus pés arejadas e protegidos de poças com fungos e bactérias que se formam na areia, evite o compartilhamento de toalhas, use roupas leves e preferencialmente de algodão, e evite locais muito quentes e pouco ventilados.

Dicas para manter a saúde da pele em qualquer estação

            Seja no verão ou em qualquer estação do ano, existe uma série de cuidados que devem ser tomados para que se tenha uma pele bonita e saudável. Vamos aprender que cuidados são esses? Apesar de serem diários, eles são simples de serem seguidos e devem virar rotina por quem deseja ter uma pele mais saudável e radiante.

Beba de 2 a 3 litros de água diariamente – Um corpo hidratado é essencial para que a pele fique bonita e ainda evita diversos problemas, como é o caso da desidratação;

Cuidado com a exposição solar – Evite se expor ao sol entre as 10h e 15h, horários em que a incidência solar está mais forte e o risco de queimaduras é maior;

Use filtro solar diariamente – O uso do filtro solar deve ser diário, mesmo em dias nublados, e o mesmo deve ter fator mínimo de 30 FPS;

Não durma com maquiagem – A maquiagem ajuda a obstruir os poros, podendo causar espinhas, cravos e alergias, portanto, não se esqueça de removê-la antes de dormir;

Faça limpeza de pele, quando necessário – A limpeza de pele é um tratamento chave, já que ajuda a remover cravos e células mortas;

Controle o estresse – O estresse também influencia na saúde da pele e, por isso, não se esqueça de cuidar da sua saúde mental;

Tenha uma alimentação balanceada – A alimentação influencia diretamente na saúde da pele, portanto, procure ter uma alimentação equilibrada, evitando alimentos muito processados;

Saiba qual o seu tipo de pele – Saber qual é o seu tipo de pele é fundamental para que você possa usar produtos específicos e que poderão oferecer o que a sua pele precisa na medida certa.

Um abraço,

Dra. Silvia Kaminsky

Diretora Médica da Skinlaser.

CRM – SP 68.968 / RQE 38.901

Sair da versão mobile