O que é a micose e sua descamação? Causas e tratamentos.

micose e sua descamação

A micose é uma das infecções que mais afetam a população, sendo também muito comum em crianças, atletas e outros. Deseja saber o que é micose? Causas e tratamentos? Confira aqui neste artigo, e aprenda também como tratá-la e prevenir seu surgimento da micose e  sua descamação.

Quem não conhece como se apresenta a micose, fica confuso e se assusta com o surgimento dos sintomas, mas iremos explicar tudo sobre esse quadro tão comum.

micose e sua descamação

O que é micose?

A micose é definida como, uma infecção cutânea causada por fungos que vivem nos tecidos mortos da pele, como por exemplo, cabelos e unhas, sendo comum em pessoas e animais.

Além disso a  micose pode acometer locais, como a  virilha, entre os dedos dos pés, couro cabeludo e outras regiões do corpo.

Quais são os sintomas?

Sobre seus sintomas, a micose  se apresenta como uma placa plana e descamativa que posteriormente, pode causar vermelhidão e coceira circundada por uma borda mais forte que o centro da lesão e irregular.

Como resultado,  a parte interna do anel pode ser clara, escamosa ou de coloração rosa a vermelho. Em algumas pessoas, várias lesões se manifestam ao mesmo tempo e podem se sobrepor.

Micose na pele: seus sintomas caraterizam-se, por exemplo como: coceira, vermelhidão, descamação, lesões características em determinados locais do corpo.

Micose na unha ou onicomicose: certamente, são comuns aspectos como variações em sua estrutura e alteração na cor, descolamento ungueal.

Micose no pé ou pé de atleta: seus sintomas caracterizam-se, por exemplo como: coceira nos pés, bolhas, descamação, alteração de cor no local.

Micose no couro cabeludo: pequenas feridas que podem se tornar manchas que descamam e causam a coceira.

Micose na virilha: Manchas em formato de círculo que causam coceira na região.  Posteriormente esse tipo de micose é comum entre homens e adolescentes do sexo masculino.

O que causa a Micose?

Certamente a  micose é uma infecção fúngica contagiosa causada por parasitas semelhantes a fungos que vivem nas células da camada externa da pele. Pode se espalhar, por exemplo, das seguintes maneiras:

De ser humano para ser humano: através do contato direto com pele com uma pessoa infectada.

Do animal ao ser humano: Você pode ter micose se tocar em um animal com a infecção. Mas a micose também pode se espalhar quando você tem contato com seu pet, cães ou gatos de rua. Da mesma forma, também é bastante frequente em vacas.

Do objeto ao ser humano: Em seguida, a micose também pode se espalhar por contato com objetos ou superfícies que uma pessoa ou animal infectado recentemente tocou ou esfregou, como roupas, toalhas, roupas de cama e lençóis, pentes e pincéis (aparelhos hospitalares infectados com o vírus, também podem contribuir para sua proliferação)

Da terra para o ser humano: Raramente, a micose pode se espalhar para os seres humanos através do contato com o solo infectado. Certamente a infecção provavelmente ocorrerá apenas se você estiver em contato prolongado com o solo com um alto nível de infecção.

Fatores de risco

-Pessoas que moram em locais com clima muito quente;

-Ao entrar em contato próximo com uma pessoa ou animal infectado;

-Hábito de compartilhar roupas pessoais, roupas de cama ou toalhas com alguém que tenha uma infecção por fungos;

-Realizar a pratica esportes que incluem contato pele a pele, como luta;

-Efetuar o usa roupas apertadas ou estreitas;

-Quando a pessoa tem um sistema imunológico enfraquecido.

Complicações da Micose

As infecções por fungos raramente se espalham abaixo da superfície da pele e causam doenças graves. No entanto, no caso de pessoas com sistema imunológico debilitado, como aquelas com HIV / AIDS e transplantação, é difícil eliminar a infecção.

Como saber se você está com micose?

Consultar um médico para avaliação do seu caso é essencial para a confirmação diagnóstica.

Qual o tratamento para micose?

O tratamento está diretamente relacionado ao local e grau de acometimento. Como opções temos os tratamentos tópicos (creme, pomadas, ou pó) e os orais. É importante lembrar que antifúngicos orais devem ser prescritos e acompanhados pelo médico pelo risco de alterações nas enzimas do fígado, além de interações medicamentosas.

Como prevenir a micose?

Os fungos que causam a micose estão em toda parte, mas é possível evitar a infecção seguindo alguns cuidados simples:

-Mantenha sua pele limpa e seca;

-Use chinelos em vestiários e chuveiros públicos (academia, ginásio esportivo, escola, trabalho etc.);

-Troque suas meias e roupas íntimas pelo menos uma vez por dia;

-Não compartilhe roupas ou toalhas com alguém que possui micose;

-Se você pratica esportes, mantenha seu equipamento e uniforme limpos – e não os compartilhe com outros jogadores;

-Lave as mãos com água e sabão depois de brincar com animais de estimação, mexer com objetos ou ter contato com direto com o solo. Se seus animais de estimação têm micose, consulte o seu veterinário.

Essas são algumas dicas simples para evitar a infecção, caso ela apareça consulte um médico e fique atento ao tempo de duração dos sintomas e tratamento.

O médico deverá prescrever medicamentos para eliminar a infecção  que causa a micose e sua descamação, e tratar seus sintomas. Caso não sinta melhora em duas semanas, retorne ao consultório.

 

Dra. Silvia Karina Kaminsky Jedwab

CRM-SP 68968/ RQE 38901

Diretora Clínica e Responsável técnica da SkinLaser

Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *