Micose de unha


Micose de unha: diagnóstico e tratamentos

 

Vamos falar de micose de unha.

Sabe aquela unha grossa, que fica esfarelada, que dá vergonha de usar uma sandália ou um sapato aberto, que é desagradável.

Você fica na dúvida se está com micose ou se bateu a unha e por isso ela está grossa. Não sabe se está passando essa micose para outros, se pegou na manicure ou no clube.

 

Por que as unhas ficam grossas?

Unhas grossas são um problema comum e que nem sempre é sinal de micose.

Às vezes a unha grossa pode ser por causa de uma batida e não de uma micose.

Há doenças dermatológicas que causam a unha grossa também, como a psoríase e algumas formas de líquen.

Não necessariamente unha grossa é igual micose. Muita gente que vem no consultório se automedica, toma um antimicótico por conta própria, sem ter realizado um exame dessa unha.

 

Exame da unha

A primeira coisa que nós devemos fazer quando a unha está grossa é um exame da unha.

Trata-se de uma coleta de material dessa queratina, dessa parte grossa da unha, que será analisado pelo micologista. Ele coloca essa amostra em um meio de cultura e avalia se cresce fungo ou não. Se tiver fungo, qual é ele.  

Dependendo do tipo de fungo será necessário tomar um medicamento antimicótico específico e não qualquer medicamento encontrado nas farmácias.

Se você está com a unha grossa, incomodando, vá ao dermatologista, que é o médico que vai examinar e poder propiciar esse exame micológico direto e cultura para ver o que está acontecendo com a sua unha.

 

Tratamentos

Uma vez diagnosticado o problema da micose da unha, identificado o fungo, será realizado o tratamento com o melhor remédio contra esse fungo especificamente.

Além disso, hoje nós temos a tecnologia a nosso favor.

O laser e algumas tecnologias vieram para ajudar a diminuir essa espessura da unha e ajudar a diminuir o crescimento desse fungo na unha.

Fazemos um desbastamento mecânico da unha com um aparelho que é como se fosse um laser de CO2, o mesmo que a gente usa para diminuir rugas, manchas e marcas. Com ele deixamos a unha mais fina e, assim, o remédio penetra melhor na unha.

Depois do laser de CO2 nós utilizamos um outro equipamento que vai esquentar a unha. Esse calor inibe o crescimento do fungo, que não gosta dessa temperatura alta.

Além disso é colocado um remédio específico, junto com outra luz que também inibe o crescimento do fungo.

A inibição do fungo, a diminuição da espessura da unha e o calor vão matar o fungo e fazer com que cresça uma unha boa, saudável e promova a entrada do remédio que vai ser prescrito pelo dermatologista.

Se você sente que sua unha está ficando grossa, diferente das outras unhas, procure a nossa equipe de dermatologistas.

Você fará esse exame ungueal para ver se sua unha é acometida ou não por algum fungo e vamos determinar o melhor tratamento, se você vai precisar tomar um remédio, passar um esmalte fortificante, fazer o laser ou o que seja melhor para você.

Blog

fungolaser CO2laser para micosemicosemicose de unhasunhaunhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *