Melasma: prevenção e tratamento 

Como tratar o melasma?

Melasma: prevenção e tratamento das manchas escuras

Melasma é o nosso assunto de hoje.

Melasma é aquela mancha escura que acomete muitas mulheres na região da bochecha, na testa, no nariz e acomete também homens.

Melasma pode ocorrer não só no rosto como também no corpo, nos braços, no colo.

E por que ocorre o melasma?

Melasma é uma alteração da pigmentação que ocorre por uma inflamação da pele. Essa inflamação pode ser decorrente de estresse e de alterações hormonais, principalmente na mulher depois da gravidez.

O aumento do estrógeno e da progesterona levam a um fenômeno chamado fotoestimulação, então há um aumento da estimulação pelo sol. Qualquer exposição ao sol pode levar a manchar a pele, principalmente no último trimestre da gravidez.

Não é só na gravidez que pode aparecer na mulher, com o uso de anticoncepcionais também. Mas às vezes ele aparece porque aparece, por conta do excesso de exposição ao sol, por um problema de pigmentação da pele, é uma inflamação.

Diferentemente das sardas, que quando tomamos sol o pigmento fica na superfície da pele, ele causa um pigmento que está não só na superfície, mas pode estar também na camada média da pele.

O melasma causa um constrangimento para a pessoa que o tem, pois parece que ela não se cuida, mas quem tem melasma sabe que é uma mancha de difícil controle, difícil tratamento e cura.

Então aqui vão algumas dicas para quem sofre com o melasma. Como fazer para diminuir as chances de ter melasma? E o que fazer para tratar um melasma que já surgiu?

Prevenção

O sol sempre é o fator que precisa ter para o seu desenvolvimento. Ninguém tem melasma sem sol. E a gente não toma sol só na praia, basta uma breve caminhada na rua do escritório para o restaurante, na hora do almoço.

Nós ficamos expostos aos raios solares todos os dias e quem tem predisposição ao melasma precisa obrigatoriamente usar um protetor solar de espectro bem alto, FPS 50 ou mais, e que tenha proteção não só contra os raios UVB como contra os raios UVA também.

Como o melasma pode ser agravado por fatores hormonais, outra dica é sempre verificar se sua pílula anticoncepcional está de acordo, se os seus hormônios estão em ordem. Se você usa um DIU com hormônio, verificar a possibilidade de trocar por um que não tenha hormônio.

Tratamentos

Uma vez que você já tem o melasma, o que fazer?

Além do protetor solar de alto espectro, é importante usar também uma proteção física, ou seja, chapéu, camiseta e outras proteções que o sol não consiga ultrapassar.

Existem vários tipos de radiação ultravioleta, não são apenas o UVA e UVB. Essas outras não estão sob proteção com os filtros, então precisa de uma proteção física mesmo, cobrindo a pele.

Você se protege com as barreiras físicas e também utiliza diariamente o filtro solar, até clareadores, e, mesmo assim, se incomoda com as manchas? O que pode ser feito para lhe ajudar?

Existem aparelhos de tecnologia, de laser, que ajudam a penetrar melhor esses remédios clareadores na sua pele, que são os lasers fracionados.

Tem também os lasers Q Switched, que são lasers de comprimento de onda muito rápido e que ajudam a quebrar esse pigmento. O pigmento da mancha é quebrado e o organismo o absorve, clareando a mancha.

Os peelings também melhoram a condição da pele para que esses princípios ativos dos clareadores penetrem melhor.

São diversos tratamentos, mas não há garantia que o melasma vá embora. Infelizmente é uma condição clínica, uma predisposição individual. Os tratamentos são tentativas de melhora. Em alguns pacientes eles funcionam muito bem, mas em outros os resultados são intermediários.

Então se você tem melasma e gostaria de fazer um tratamento para melhorar essas manchas, nós temos uma equipe de dermatologistas que podem avaliar o seu grau de melasma. Determinando se ele é superficial, médio ou mais profundo podemos indicar o melhor tratamento para o seu caso.

Referências:

Saiba mais sobre cuidados com a saúde.

Sem categoria

como tratar melasmamanchas escurasmanchas escuras no rostomanchas na pelemanchas no colomanchas no corpomanchas nos braçosmelasmatratamento para melasma

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *