Tratamento para Estrias com laser e cuidados

Tratamento para estrias

Você sabe como funciona o Tratamento para estrias?

Estrias são marcas que causam certo incômodo, e diferente do que algumas pessoas pensam, elas não aparecem só na gravidez. Podem aparecer tanto nas mulheres, quanto nos homens, embora apareça com mais frequência nas mulheres, podendo ser discretas ou muito aparentes.

É comum o surgimento durante a puberdade em decorrência do crescimento acelerado nesta fase da vida. Assim como também na obesidade e como todos sabem na  gravidez. Atinge os dois sexos, porém é mais frequente no sexo feminino. Sendo uma das principais queixas de estética entre as mulheres surgem principalmente nas coxas, nádegas, abdome (gravidez), mamas e dorso do tronco (homens). Inicialmente as lesões são avermelhadas ou róseas evoluindo mais tarde para uma tonalidade esbranquiçada. Em pessoas de pele morena as estrias podem ser mais escuras que a pele sadia. A pele na área afetada tem a tem consistência frouxa.

Mas afinal o que são as estrias?

As estrias são lesões adquiridas quando há um rompimento das fibras elásticas e colágenas da pele. Essas fibras são responsáveis pelo firmamento da pele, então, quando elas são destruídas, a estria aparece, por conta do estiramento da pele.

As marcas têm dois estágios, o primeiro é quando a estria ainda está recente, acabou de aparecer, seu aspecto é rosado ou da cor da pele, podem ser discretamente elevadas e são acompanhadas de um processo inflamatório local. A estrai é chamada de estria rubra. Já no segundo estágio, a estria já está mais antiga e se encontra com a coloração mais esbranquiçada, quando as fibras colágenas e elásticas já tiveram uma atrofia maior. Estria branca.

Quando Surgem?

Geralmente as estrias aparecem após algum tipo de mudança no corpo, como por exemplo, crescimento rápido, colocação de próteses, aumento de peso, gravidez e anorexia nervosa. Com isso, a pele tem uma distensão excessiva, fazendo com que o colágeno e a elastina, responsáveis por sustentar a nossa pele, se rompam, diminuindo a espessura da derme e da epiderme, formando as cicatrizes. Além das causas já citadas, fatores genéticos e o uso prolongado de medicamentos com corticoides também pode ser motivo do aparecimento das estrias. Elas costumam aparecer onde o seu corpo armazena gordura, os lugares mais comuns são na barriga, coxas, seios e quadris.

O tratamento e sua eficácia dependem muito da fase em que a estria se encontra, do local e da sua espessura. Lembrando que não tem como sumir completamente com as marcas, mas uma melhora significativa em sua aparência. Outros fatores que influenciam no tratamento são: genética do paciente, idade e produção de colágeno. São diversos os tipos de tratamentos que podem ajudar com as estrias, podem ser feitos de forma isolada ou em associação, sempre com acompanhamento de um especialista: cremes com ácidos, retinóico ou glicólico ou com vitamina C; microagulhamento; microdermoabrasão; laser também é um tratamento muito procurado.

Como funciona o Tratamento para estrias?

O tratamento com laser é feito através de disparos de laser sobre as estrias, um laser de alta capacidade, provocando uma pequena queimadura no local, assim, estimulando a produção de novo colágeno  e elastina, fazendo com que as fibras da pele se recomponham de forma organizada. O tecido deve descamar depois de alguns dias, aparecendo uma pele nova.

A combinação de tecnologias torna o resultado ainda melhor, por isso, aparelhos normalmente utilizados são Luz Pulsada, Laser fracionado, radiofrequência nanofracionada,  combinados com peeling de cristal e ás vezes até o peeling químico.

O objetivo é promover uma renovação do tecido colágeno-elástico, melhorando   o aspecto da pele. São necessárias sessões com intervalo de 2 a 4 semanas em torno de 6 sessões ou mais dependendo do caso.

 Agende uma Consulta

O Tratamento para estrias funciona nos dois graus da estria?

Esse tipo de tratamento funciona nas duas fases da estria. Mas é importante lembrar que quanto antes você descobrir a estria, mais fácil de ser tratada. Então o tratamento fica mais simples quando ela se encontra ainda na sua fase avermelhada. Onde o processo de fibrose ainda está inicial. Nesse caso, o laser vai agir fechando pequenos vasos sanguíneos e estimulando a formação de colágeno, deixando a pele mais firme no local da aplicação. Como resultado, a coloração da estria vai ficar mais próxima do tom natural da pele e seu tamanho será consideravelmente reduzido.

Quando o tratamento é feito já na fase esbranquiçada da estria, ele promove uma melhora na aparência da pele. Reduzindo seu tamanho e deixando a coloração mais próxima da cor da pele. Mas como dito anteriormente, é mais difícil obter um resultado completamento satisfatório. Nesta fase, onde a estria já é branca, há uma fibrose instalada e atrofia da derme-epiderme , onde os resultados com o tratamento serão parciais

Quantas sessões são necessárias?

É normal que não apareça nenhum resultado perceptível na primeira sessão. Em média, são necessárias cinco a seis sessões para aparecerem bons resultados, mas o número de sessões depende muito do seu tipo de pele e da fase das estrias, profundidade, aparência, tamanho e aspecto.

O Tratamento para estrias é dolorido?

Uma dúvida que surge bastante sobre esse tipo de tratamento é se ele causa dor durante a aplicação. Tudo depende do grau de sensibilidade de cada paciente, mas no geral, não se preocupe, pode haver um desconforto, mas nada que não seja tolerável. Além disso, em alguns casos, pode ser aplicado anestésicos para a realização do procedimento.

Há contraindicações do uso de laser no Tratamento para estrias?

O tratamento tem algumas contraindicações. Sendo assim, é importante que você avise seu médico, caso você tenha alguma dessas variáveis: lupus; problemas de coagulação; vitiligo; doenças fotossensíveis; herpes e mulheres grávidas também deverão evitar o procedimento.

Quais cuidados devo tomar após o procedimento?

Depois das sessões, alguns incômodos podem aparecer. Tais como vermelhidão, inchaço, hematomas e até um pouco de coceira por conta de cicatrização da pele, mas nada para se preocupar ou que prejudique sua saúde.

É ideal que não tenha exposição ao sol por pelo menos duas semanas ou enquanto os hematomas ainda estiverem visíveis. Lembre-se sempre de se hidratar e fazer o uso corretamente dos cremes indicados pelo médico, para a pele conseguir se recuperar.

Tem como prevenir as estrias?

Dependendo do caso não dá para evitar 100% a aparição delas, mas alguns hábitos podem ajudar a diminuir.

– Se hidrate: beber água é muito importante. Quanto mais sua pele estiver hidratada, mais elasticidade ela terá e assim, as chances de surgirem estrias são pequenas.

– Efeito sanfona: Cuidado ao engordar e emagrecer rapidamente, isso faz com que a pele se estique e cause novas estrias.

– Hidrate a pele: lembre-se sempre de hidratar sua pele, principalmente onde costuma ter mais gordura, como coxas, nádegas, abdômen, são onde costumam aparecer mais estrias. Use hidratante diariamente. A pele hidratada não deixará que os tecidos e fibras se rompam facilmente.

– Pratique atividade física, é muito importante para a aparência da pele.

 Importante:

– As estrias não se bronzeiam junto a pele quando expostas ao sol, ou seja, não adianta tentar camuflar as manchas, elas inclusive ficam mais aparentes.

– Certamente, durante todo o tratamento, use sempre filtro solar caso seja necessário se expor ao sol.

– Caso não haja um resultado satisfatório, o tratamento a laser para estrias pode ter um efeito melhor se associado a outros tipos de tratamento. Mas, para isso consulte seu dermatologista para mais informações.

– Esse tratamento só pode ser feito por um médico dermatologista ou cirurgião plástico. Certamente em um ambiente adequado, seguindo todas as normas necessárias. Por isso, antes de realizá-lo, informe-se muito bem sobre o especialista e a clínica.

 

Dra Sílvia Kaminsky

Dermatologista CRM 68968

Diretora-geral da Skinlaser

Autora dos livros:

Laser e outras tecnologias na dermatologia

Guia Ilustrado – Laser e outras tecnologias em dermatologia

Confira Aqui!

 

 Agende uma Consulta

 

Blog

cuidadosesteticaestriaslaser para estriastratamento para celulite

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *