CONHEÇA 10 CUIDADOS DERMATOLÓGICOS ESSENCIAIS


Quem já viu alguma informação na internet que prometia resultados milagrosos com produtos caseiros ou atividades cotidianas, provavelmente já ficou em dúvida sobre até que ponto era verdade ou simplesmente um boato. Especialmente quando o tema em questão é a saúde da pele, surgem muitas informações que se espalham rapidamente pela internet.

Neste ARTIGO, vamos abordar algumas dicas úteis sobre a saúde da sua pele para não cair em Fake News!

Lavar o rosto excessivamente piora cravos e espinhas

Um dos maiores mitos sobre a oleosidade é a crença de que lavar o rosto várias vezes por dia melhora o aspecto da pele. Na verdade, acontece o contrário: lavar o rosto em excesso produz ainda mais sebo, pois a pele entende que o rosto está ressecado e precisa hidrata-lo, acarretando no chamado “efeito rebote”. É recomendado lavar o rosto de duas a três vezes por dia de acordo com seu tipo de pele e recomendação do seu médico dermatologista.

Preciso usar protetor solar em ambientes fechados?

Sim! Principalmente para a prevenção de manchas e envelhecimento da pele. As luzes e o calor dos eletrodomésticos e das lâmpadas podem prejudicar a pele e, por isso, é importante usar protetor solar também dentro de ambientes fechados.

Raspar os pelos não os deixam mais grossos

Apesar de ser difícil a percepção a olho nu, o fio é naturalmente mais grosso na raiz e vai afinando até as pontas. Quando raspamos o fio, a raiz fica mais evidente, o que deixa o pelo com um aspecto mais grosso.

A cutícula é uma proteção da unha

É verdade! As cutículas são uma barreira natural de proteção da pele contra agentes inflamatórios como fungos, bactérias e vírus. Assim, remover a cutícula pode facilitar o surgimentos de inflamações locais.

“Manchas brancas são sinal de vermes”

É um MITO! É preciso esclarecer que a presença de manchas brancas pode estar relacionada a diversas doenças como micoses, vitiligo e até mesmo linfomas. Não deixe de consultar um dermatologista ao notar uma delas em sua pele.

Estou grávida, posso fazer tratamentos dermatológicos?

Devido a gravidez ser comumente um período de certas restrições, é comum que as pessoas pensem que mulheres grávidas não podem usar medicamentos dermatológicos. Mas, na verdade, existem produtos com segurança comprovada para uso na gestação e mesmo na amamentação.

Porém, é importante ressaltar a importância de que a mulher converse com seu obstetra e consulte um dermatologista antes de tomar qualquer medicação, evitado possíveis complicações.

O FPS do protetor solar realmente faz diferença?

Faz sim! O FPS (Fator de Proteção Solar) está relacionado ao tempo que a pessoa demoraria a queimar a pele sob a exposição ao sol e ao período indicado para reaplicação. Escolher um protetor solar com FPS maior traz mais segurança para a pessoa, pois frequentemente aplicamos quantidades menores do que as indicadas e não passamos novamente no horário correto.

Alguns alimentos podem aumentar a aparição de cravos e espinhas

Alimentos derivados do leite e ricos em açúcares podem contribuir para a produção da oleosidade da pele, aumentando as chances de surgimento de acnes e cravos. Isso acontece devido ao um superestimulo nas glândulas sebáceas. Uma alimentação balanceada e saudável é um dos pilares para uma pele mais bonita.

Hidratantes combatem as rugas?

Os hidratantes deixam a pele com um aspecto mais viçoso e bonito, e ajudam a retardar o surgimento dos sinais de envelhecimento com as rugas, porém esse efeito é potencializado com uso de ativos com ações anti-idade que devem ser prescritos por um médico especialista.

Automedicação nunca!

Quando nos machucamos, é comum recorrermos àquela pomadinha no fundo da gaveta para melhorar a lesão. Contudo, a utilização de medicamentos sem prescrição médica é ruim, pois podem piorar a lesão e mascarar o sintoma inicial, tornando o diagnóstico mais difícil. Por isso, em caso de doenças ou alterações na pele, procure um dermatologista qualificado!

Dra. Maria Fernanda Gomes
CRM-SP 155.139/ RQE: 73.730

Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *