Como tirar verruga: saiba qual é o tratamento mais indicado para uma remoção segura

Quer saber como tirar verruga? Conheça os tipos de verrugas e saiba qual é o melhor Tratamento para Verruga

Acima de tudo as verrugas são Incômodas e esteticamente desagradáveis. Além disso elas podem ocorrer em qualquer área do corpo. Contudo são lesões benignas causadas pelo papiloma vírus humano (HPV) na camada superficial da pele. Todavia o vírus é o responsável por ativar o crescimento desordenado das células da epiderme. Dessa forma elas são projetadas para a superfície do corpo formando as verrugas. Posteriormente costumam acometer, principalmente, crianças, adolescentes e pacientes com baixa imunidade.

Em uma rápida busca na internet é possível encontrar inúmeras receitas caseiras. Porém é  perigosa  a remoção de verrugas em casa. Assim como não se deve cutucá-las ou recorrer a métodos duvidosos. Portanto o correto é sempre consultar-se com um médico dermatologista  credenciado pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. Para que posteriormente ele possa  avaliar e recomendar o melhor meio para o tratamento das verrugas.

As verrugas propagam-se facilmente e podem ser transmitidas por contato direto com a pele. Além de  objetos infectados, pequenos ferimentos abertos Ainda por  relações sexuais, de mãe para filho no momento do parto. Além de serem transmitidas  pelo vírus existente no organismo do paciente. Portanto por disporem de formatos, aspectos e tamanhos diferentes, podem ser classificadas das seguintes formas:

  • Verrugas vulgares:

São os tipos mais comuns.  Todavia usualmente crescem no dorso das mãos. Especificamente  nos dedos e ao redor das unhas (verrugas periungueais).  Além disso possuem aspectos irregulares e endurecidos.

  • Verrugas plantares:

São as verrugas localizadas na sola dos pés.Consequentemente a pressão e o peso do corpo fazem com que as lesões cresçam para dentro da pele. Dessa mesma forma  provocando dor ao caminhar. 

  • Verrugas planas:

Menores e mais macias, se caracterizam por pequenas “bolinhas”.  Contudo podem ocorrer em qualquer região do corpo, sendo mais comum na face.

  • Verrugas filiformes:

Pouco numerosas e mais comum em idosos. São mais alongadas e finas.  Elas costumam surgir na face, pálpebra, lábios e pescoço.

  • Verrugas genitais:

Localizadas na região genital ou perianal, são lesões isoladas ou agrupadas que se assemelham ao aspecto de uma couve-flor (condiloma acuminado). Essa classificação é mais frequente em adultos e pode ser transmitida pelo contato sexual. 

Como tirar verruga e quais as formas de contágio?

As verrugas são altamente contagiosas. O que muita gente não sabe é que sua transmissão pode ocorrer pelo contato direto entre pessoas, pelo objeto infectado e também pela autoinoculação. Já no caso das verrugas genitais, o contágio se dá por relações sexuais desprotegidas e de mãe para filho na hora do parto. As pessoas mais vulneráveis a contrair uma verruga são as que estão com a imunidade baixa, crianças e adolescentes.

Como se prevenir as verrugas?

Além das vacinas contra o HPV — disponíveis para meninas a partir dos 9 anos e meninos de 12 a 13 anos para prevenção da infecção genital — é recomendado o uso de preservativos em todas as relações sexuais e também não coçar as lesões para evitar que o vírus se espalhe ou penetre por escoriações na pele.

Outros hábitos simples também podem contribuir com a prevenção. Evite tocar nas verrugas de outras pessoas sem a devida proteção, não compartilhe toalhas, sapatos ou meias e não ande descalço em piscinas ou tome banho em academias sem chinelos. Por último, saiba que apesar da prevenção, não há como evitar que as verrugas apareçam, já que são provocadas por um vírus.

Qual o Tratamento para Verruga?

As verrugas podem desaparecer espontaneamente após algum tempo, mas retirar ou cauterizar as verrugas são as melhores opções para evitar que elas se espalhem. Pode ser indicado administrar medicamentos específicos para cauterizar quimicamente as lesões, ou ainda removê-las por meio de cirurgias como a eletrocauterização e a crioterapia, que destroem as lesões com nitrogênio líquido.

Como as lesões podem se apresentar de diferentes formas, o ideal é que o paciente procure orientação médica para iniciar o tratamento.

Agora que você já sabe os tipos de verrugas e as principais formas de contágio, consulte um médico dermatologista e siga o tratamento prescrito. Soluções caseiras e outros produtos não indicados pelo médico podem provocar queimaduras e outros ferimentos na pele, agravando o quadro. Apenas um profissional de saúde poderá identificar o tipo de verruga e se é um caso mais leve ou mais sério e que mereça mais atenção e cuidados.

Agende uma Consulta

Como tirar verruga: saiba qual é o tratamento mais indicado para uma remoção segura

Quer saber como tirar verruga? Conheça os tipos de verrugas e saiba  qual melhor tratamento para Verruga

Incômodas e esteticamente desagradáveis, as verrugas podem ocorrer em qualquer área do corpo. Acima de tudo são lesões benignas causadas pelo papiloma vírus humano (HPV) na camada superficial da pele. Contudo o vírus é o responsável por ativar o crescimento desordenado das células da epiderme, que são projetadas para a superfície do corpo formando as verrugas. Posteriormente costumam acometer, principalmente, crianças, adolescentes e pacientes com baixa imunidade.

Em uma rápida busca na internet é possível encontrar inúmeras receitas caseiras — e perigosas — para a remoção de verrugas em casa. De fato não se deve cutucá-las ou recorrer a métodos duvidosos. Acima de tudo o correto é sempre consultar-se com um médico dermatologista credenciado pela Sociedade Brasileira de Dermatologia para avaliar e recomendar o melhor meio para o tratamento das verrugas.

As verrugas propagam-se facilmente e podem ser transmitidas por contato direto com a pele, objetos infectados, pequenos ferimentos abertos, por relações sexuais, de mãe para filho no momento do parto ou ainda pelo vírus existente no organismo do paciente. Além de que por disporem de formatos, aspectos e tamanhos diferentes, podem ser classificadas das seguintes formas:

  • Verrugas vulgares:

São os tipos mais comuns. Usualmente crescem no dorso das mãos, nos dedos e ao redor das unhas (verrugas periungueais). Contudo possuem aspectos irregulares e endurecidos.

  • Verrugas plantares:

São as verrugas localizadas na sola dos pés. Como resultado a pressão e o peso do corpo fazem com que as lesões cresçam para dentro da pele, provocando dor ao caminhar. 

  • Verrugas planas:

Todavia são menores e mais macias, se caracterizam por pequenas “bolinhas”. Além de que podem ocorrer em qualquer região do corpo, sendo mais comum na face.

  • Verrugas filiformes:

Pouco numerosas e mais comum em idosos. São mais alongadas e finas e costumam surgir na face, pálpebra, lábios e pescoço.

  • Verrugas genitais:

localizadas na região genital ou perianal, são lesões isoladas ou agrupadas que se assemelham ao aspecto de uma couve-flor (condiloma acuminado). Essa classificação é mais frequente em adultos e pode ser transmitida pelo contato sexual. 

Como tirar verruga e quais as formas de contágio?

As verrugas são altamente contagiosas. O que muita gente não sabe é que sua transmissão pode ocorrer pelo contato direto entre pessoas, pelo objeto infectado e também pela autoinoculação. Já no caso das verrugas genitais, o contágio se dá por relações sexuais desprotegidas e de mãe para filho na hora do parto. As pessoas mais vulneráveis a contrair uma verruga são as que estão com a imunidade baixa, crianças e adolescentes.

Como se prevenir as verrugas?

Além das vacinas contra o HPV, disponíveis para meninas a partir dos 9 anos e meninos de 12 a 13 anos para prevenção da infecção genital. Todavia é  recomendado o uso de preservativos em todas as relações sexuais. Além de não coçar as lesões para evitar que o vírus se espalhe ou penetre por escoriações na pele.

Outros hábitos simples também podem contribuir com a prevenção. Evite tocar nas verrugas de outras pessoas sem a devida proteção. Não compartilhe toalhas, sapatos ou meias. Posteriormente não ande descalço em piscinas ou tome banho em academias sem chinelos. Por último, saiba que apesar da prevenção, não há como evitar que as verrugas apareçam. Contudo  por  elas  serem  provocadas por um vírus.

Qual o Tratamento para Verruga?

As verrugas podem desaparecer espontaneamente após algum tempo, porém retirar ou cauterizar as verrugas são as melhores opções para evitar que elas se espalhem. Além disso pode ser indicado administrar medicamentos específicos para cauterizar quimicamente as lesões, ou ainda removê-las por meio de cirurgias como a eletrocauterização e a crioterapia, por exemplo,  que destroem as lesões com nitrogênio líquido.

Todavia como as lesões podem se apresentar de diferentes formas, o ideal é que o paciente procure orientação médica para iniciar o tratamento.

Agora que você já sabe os tipos de verrugas e as principais formas de contágio, consulte um médico dermatologista e siga o tratamento prescrito. Soluções caseiras e outros produtos não indicados pelo médico podem provocar queimaduras e outros ferimentos na pele, agravando o quadro. Apenas um profissional de saúde poderá identificar o tipo de verruga e se é um caso mais leve ou mais sério e que mereça mais atenção e cuidados para manutenção da estética, saúde e qualidade de vida.

Veja Também:

micose

Agende uma Consulta

Para saber qual o melhor tratamento para sua pele é necessário agendar uma consulta com seu dermatologista

ATENÇÃO

  • Os textos e fotos contidos neste site têm caráter meramente informativo e não substituem de modo algum uma consulta médica.
  • Os resultados podem variar de acordo com a resposta individual.
  • As opiniões aqui contidas podem divergir das de outros profissionais. As informações contidas neste site não podem ser usadas legalmente contra terceiros, como evidência de falhas ou enganos de outros profissionais.