10 alterações nas unhas que pedem atenção


Você sabia que tecnicamente a unha é conhecida como aparelho ungueal? Esta estrutura é formada pela lâmina ungueal, que é a unha propriamente dita; pelo leito ungueal, pele localizada abaixo da lâmina e pela matriz ou fábrica da unha e pelos.

A cutícula, que muita gente conhece e costuma tirar, é uma estrutura de pele mais grossa, que contorna toda a parte aderida da unha e funciona como um selo de proteção, por isso não deve ser removida. É a cutícula que justamente impede a entrada de substâncias e micro-organismos que possam penetrar e atingir a matriz ungueal.

Suas unhas estão fracas e quebradiças? Conheça aqui os possíveis motivos!

Funções das unhas

As principais funções das unhas são: proteger os dedos, atuar como um sistema de defesa, apanhar objetos e até mesmo ser um ornamento, quando pintadas e decoradas.

Porém, o que queremos destacar neste artigo é que o aspecto da unha pode revelar muito mais do que imaginamos. Mudança de cor, textura ou forma, pode ser algo comum, mas também pode revelar doenças sistêmicas e outras condições.

Abaixo separamos 10 alterações nas unhas que pedem atenção. Confira:

  1. Melanoma Acral

Quando a unha apresenta uma faixa escura, é hora de se preocupar! Essa faixa escura que cresce embaixo da unha, distorcendo-a, pode indicar um subtipo de melanoma. Mas, vale ressaltar que nem toda faixa escura é um melanoma, por isso a avaliação de um dermatologista é indispensável neste caso.

  1. Onicólise

É caracterizado pelo levantamento da unha, ou seja, acontece quando há uma divisão do leito ungueal, do dedo ou do dedo do pé, da placa ungueal. As causas relacionadas à alteração normalmente são:

  • Infecção fúngica;
  • Psoríase;
  • Lesão;
  • Limpeza de ferimentos sob as unhas com objeto pontiagudo.

 

  1. Paroníquia

É o nome dado ao processo de inflamação da pele em torno da unha, que tem início devido à “perda” da cutícula, que pode ser causada pelo hábito de remoção por alicate, pequenos traumatismos ou até mesmo por agentes químicos. A inflamação mais comum pode ser observada pela vermelhidão que, muitas vezes, vem acompanhada de pus.

  1. Paroníquia (unha preta esverdeada)

Quando é observado um aspecto preto esverdeado na unha, é possível que as bactérias tenham causado uma infecção, que tende a piorar se não houver tratamento adequado da Paroníquia.

Micose de unha também é um problema muito comum. Leia o artigo da SkinLaser que fala sobre esse assunto!

  1. Líquen

É uma doença inflamatória que costuma causar alterações na matriz da unha, no leito ungueal e na região periungueal. Quando não tratadas a tempo, estas modificações podem ocasionar danos irreversíveis na unidade ungueal. Os principais sinais do Líquen são: diminuição da espessura da placa ungueal, estrias na superfície da unha e fenda distal. Manchas brancas; pontos na unha semelhante ao “dedal”, chamados de pittings; unha rugosa e descolamento da unha na região próxima e abaixo da cutícula são outros sinais que indicam a doença.

  1. Síndrome da Unha Amarela

Se suas unhas se tornarem amarelas, engrossarem e começarem a parar de crescer, fique atento! Estes sinais podem indicar que algo está acontecendo dentro do seu corpo.

Usar esmalte vermelho sem uma camada de base ou fumar podem deixar as unhas amarelas, mas este sinal também pode indicar doença pulmonar ou artrite reumatoide, por exemplo.

  1. Onicogrifose

É uma distrofia ungueal popularmente conhecida como “unhas de chifres de carneiro” ou “unhas em garra”. Ocorre quando as unhas engrossam, crescem muito e se curvam da lâmina ungueal. A alteração pode se manifestar em pacientes que possuem psoríase, ictiose ou problemas de circulação.

  1. Coiloníquia

A doença é caracterizada por unhas finas que ficam em forma de colher. A principal causa da alteração é a anemia por deficiência de ferro, mas também pode ocorrer devido a um trauma, à exposição constante das mãos a solventes derivados de petróleo ou outras patologias como psoríase, hipertireoidismo e mixedema.

  1. Hipocratismo

Também chamada de “dedos baqueta de tambor”, esta alteração ocorre quando há o aumento da quantidade de tecido mole sob os leitos das unhas, normalmente relacionadas aos níveis proteicos que estimulam o crescimento dos vasos sanguíneos. Os principais sintomas são pontas dos dedos inchadas e unhas que curvam para baixo e parecem esponjosas quando pressionadas.

Vale ressaltar que, distúrbios pulmonares (como câncer de pulmão, abscesso pulmonar, fibrose pulmonar e bronquiectasia), problemas cardíacos e hepáticos congênitos, também podem desencadear o Hipocratismo. Quando hereditária, a condição não indica nenhum problema.

  1. Linha de Beau

São alterações lineares transversais nas unhas, que geralmente são ocasionadas pela interrupção temporária da proliferação da matriz ungueal ou da cor da própria unha. Manifestam-se devido a infecções, cirurgia, trauma ou uso de determinados tipos de medicamentos, quimioterápicos, por exemplo.

Quanto maior a profundidade da linha, maior é o dano sofrido pela unha. Em casos mais graves, quando ocorre toxicidade completa da matriz ungueal que a divide em duas partes, a alteração é denominada de Onicomadese.

Consulte-se com um dermatologista!

Algumas alterações nas unhas podem ser comuns, mas ainda assim pedem atenção. É importante consultar um dermatologista se notar algo. Estes profissionais são especializados em diagnosticar tanto problemas na pele, assim como nos cabelos e nas unhas, e informar se a alteração é inofensiva ou requer exames médicos, definindo assim a melhor forma de tratamento.

Precisa se consultar com um dermatologista? Entre em contato com a SkinLaser!

Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *